Blog Mazer

Aumento de 6,78% em conta de luz com nova bandeira tarifária.

O governo decidiu nesta terça-feira (31) aprovar um reajuste de 49,63% no valor cobrado na bandeira tarifária para fazer frente às despesas do acionamento de usinas térmicas e das medidas adotadas para evitar apagões e até mesmo um racionamento de energia. A partir deste mês de setembro, o valor da taxa adicional cobrada nas contas de luz passará de R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) para R$ 14,20. O valor irá vigorar entre esta quarta-feira (1) e 30 de abril de 2022. A bandeira “escassez hídrica” provocará aumento de 6,78% na tarifa média.

Em junho, a agência já havia aprovado um aumento de 52% no valor da bandeira vermelha 2, até então o valor cobrado era de R$ 6,24 a cada 100 kWh. Na ocasião, a Aneel sinalizou que o reajuste não seria suficiente para cobrir todos os gastos e abriu uma consulta pública para discutir se manteria a taxa em R$ 9,49 ou se elevaria para R$ 11,50. Os valores, no entanto, foram propostos antes de ações adotadas pela Creg.

Fonte: Jornal do Comercio

Marcio Machado

Comentar

*

Siga-nos

Facebook Instagram